Após convocação do Sintergia para todas as empresas, maioria de Furnas no local, informações desencontradas e os próprios sindicalistas não se alinham.

Posted: August 26, 2015 in Uncategorized

Apenas dois representantes do Sintergia compareceram e o presidente não esteve presente. A assembléia convocou a base RJ para assembleia, mas após imposição autoritária de alguns integrantes do sindicato que convocaram assembléias por empresa de legitimidade duvidosa, apenas maioria Furnas estava no local,  e as informações desencontradas refletiram um racha dentro do próprio Sindicato.
Como pode um sindicato que representa uma base, ter  seus integrantes realizando assembléias separadamente?
A justificativa padrão “eu não sabia que eles iriam realizar cada um em sua empresa” foi usada (como se cada um não devesse unidade ao Sintergia, mas devesse cuidar apenas do seu). Depois foi alegado erro de data no Boletim, pois a assembléia de toda base seria amanhã (26), mesmo assim ao dizer isso informou que não haveria mais assembleia dia 26 pois todas elas já teriam sido feitas, e por fim foi assumido que  “agora eles já fizeram”, como se o Sintergia como instituição de base/classe não tivesse autoridade alguma e cada um pudesse agir como tivesse vontade. Será que essa é a orientação do Estatuto?!
Após mais insistência dos únicos representantes presentes, os trabalhadores foram obrigados a deliberarem, segundo eles, apenas por Furnas, mesmo que tenha sido em uma assembléia de convocação de base. A questão é, a legalidade dessa decisão abrange apenas uma empresa ou a todas as empresas da base? O que será que diz o Estatuto?

O sindicato também foi questionado sobre o compromisso assumido na última assembléia de levar um trabalhador escolhido pelos trabalhadores para acompanhar as reuniões da comissão paritária da PLR, compromisso esse assumido na última  assembléia realizada da PLR, o compromisso foi ignorado durante todo esse período e agora contrariado em assembléia, voltando atrás no que já havia sido acertado. O sindicato tem  obrigação de cumprir o que se compromete com os trabalhadores!

Onde estão os sindicalistas  e porque se recusam a estar diante da classe para tratar desses assuntos? Esqueceram seu próprio bordão de que eles devem refletir os anseios dos trabalhadores?!

Segue abaixo um resumo sobre outros itens citados e decididos na assembléia;

image

Comments

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s